BiblioSesc – parceria importante na formação de leitores

Segundo o criador do Sítio do Pica-pau Amarelo, Monteiro Lobato – que encheu de encantos a infância de diversas gerações com suas histórias –, “um país é feito de homens e livros”. Alinhado com este pensamento, o incentivo à leitura tem sido uma ação constante do Lar São Domingos junto às crianças e adolescentes que assiste, de segunda a sexta. Parceiros de longas datas, a biblioteca móvel do Sesc é um dos projetos que a instituição apoia, recebendo, uma vez por mês, a visita desse caminhão recheado de encantamentos.

A cada visita, o BiblioSesc trabalha uma temática nova ou um livro diferente – da Literatura Universal ou Brasileira –, além de atividades lúdicas que são sempre bem aceitas pela meninada.

Esta semana, por exemplo, foram as próprias crianças que criaram as suas histórias, em uma atividade inspirada na obra de Eva Furnari. Separadas em grupos, cada turma montou as suas histórias a partir das ilustrações do livro Bruxinha Atrapalhada, da referida autora. Ao final da atividade, cada grupo apresentou a sua versão aos colegas. “Foi muito divertido! Quero fazer isso mais vezes”, garantiu Vitória Rebeca dos Santos, de 9 anos.

Grande incentivadora do projeto, e grande responsável pela parceria da ONG com o BiblioSesc, a coordenadora pedagógica do Lar São Domingos, Liliane Araújo, festejou o resultado, dizendo que as visitas regulares da biblioteca móvel do Sesc tem ajudado bastante a fomentar o hábito da leitura entre as “suas” crianças e os adolescentes.

“A leitura é uma das coisas mais importantes da vida. Quem lê, amplia a sua visão de mundo e os seus conhecimentos, aprendendo, consequentemente, a se expressar melhor, seja através da fala ou da escrita. E esta parceria tem contribuído imensamente para a formação das nossas crianças”, comemorou a educadora.

Os comentários estão encerrados.