Parcerias oferecem acompanhamento psicológico aos assistidos

IMG_1662

Trabalhando o ser de forma integral, através do voluntariado e de diversos projetos e parcerias, o Lar São Domingos oferece acompanhamento psicológico para todas as crianças que apresentam déficit de aprendizagem ou comportamento que inspire maiores cuidados. Atualmente, cerca de 20 acadêmicos da Estácio fazem estágio supervisionado na instituição dividindo-se em duas frentes de ação, psicologia clínica e escolar, duas vezes por semana.

De acordo com a coordenadora pedagógica da sociedade filantrópica, Liliane Araújo, o acompanhamento psicológico não para por aí. Além dos estudantes, três profissionais da Psicologia atendem às crianças e aos adolescentes em suas várias necessidades: “Um, que é cedido pela SEMAS, conduz duas turmas de terapia de grupo, e duas – uma professora da Estácio e uma voluntária – fazem o atendimento clínico dos casos mais delicados”.

Ainda segundo a pedagoga, desde março deste ano parte dos acadêmicos acompanham as atividades em sala – trabalhando temas específicos, através de diversos recursos didáticos – enquanto os outros acompanham as crianças que apresentam algum distúrbio de comportamento, em local adequado, fazendo uso da ludoterapia.

“Este trabalho é de fundamental importância para o Lar, que procura atender ao seu público de forma holística. Especialmente porque eles trabalham a criança em seu comportamento. Mas sempre a partir da autorização dos pais e do consentimento da própria criança”, explica a coordenadora fazendo questão de ressaltar por que o Lar São Domingos também oferece estágio para psicologia escolar: “Nós não somos escola formal, mas temos o ambiente de sala de aula por causa do reforço escolar, que ofertamos diariamente”.

Acompanhando atentamente todas essas atividades, Liliane Araújo garante que até o final de junho todas as turmas serão contempladas com a psicologia. “Este trabalho vai repercutir diretamente no processo de crescimento e aprendizagem deles; não a aprendizagem cognitiva, mas aquela que os capacita para vida”.

 

 

 

Os comentários estão encerrados.