Lar recebe famílias assistidas em reunião de acolhimento

O Lar São Domingos recebeu, nesta terça-feira (30), os familiares das 500 crianças que serão assistidas, este ano, pela instituição filantrópica. Como nas edições anteriores, a Reunião Anual de Acolhimento teve como primeiro objetivo aproximar essas famílias da direção da casa e orientá-las quanto aos direitos e deveres que terão a partir de agora, ao longo deste relacionamento.

O presidente da ONG, Ricardo Santos, deu as boas-vindas aos que estão ingressando, este ano, e agradeceu a confiança e a parceria das famílias cujos filhos já integram o quadro docente do Lar São Domingos a mais tempo. “Nós estamos muito felizes em recebe-los aqui. Quero que saibam que o trabalho desenvolvido aqui é muito sério e visa principalmente proporcionar as melhores oportunidades para os filhos de vocês. Queremos ver vocês satisfeitos, falando muito bem do Lar São Domingos”, ressaltou Santos.

O presidente solicitou também que as pessoas se inscrevessem no programa Nota Fiscal Cidadã e adotassem o Lar São Domingos como instituição beneficiada. “Assim vocês vão estar ajudando os próprios filhos de vocês”!

O Serviço Social e a Coordenação Pedagógica do Lar, além da Coordenação de Evangelização da Fraternidade Espírita Joanna de Ângelis, conduziram o encontro, que recebeu também a visita do gerente de programação da TV Gazeta, Eduardo Carvalho, numa ação sobre o desligamento do sinal analógico. Valter Tenório falou sobre os grupos de convivência que a ONG mantém, destinados às mães cadastradas e aos idosos da comunidade. Liliane Araújo falou sobre regras de conduta e horários, entre outros temas relacionados ao prédio de educação complementar Casa de Noemi, e Olindina Moura, da FEJA, falou sobre o Projeto Terceiro Sábado, desenvolvido mensalmente com as crianças e as famílias assistidas.

Ao final do evento, dez prêmios foram sorteados entre os presentes: 5 kits escolares para as crianças usarem na escola formal e 5 cursos de camareira doados pela Advance RH Cursos. Embora não tenha sido sorteada, Janecleide Ferreira, mãe de duas meninas que frequentam o Lar desde o ano passado, se disse satisfeita com a reunião. “Muita coisa importante foi falada aqui hoje. Estou feliz de ter vindo. E mais feliz ainda por manter as minhas filhas nessa instituição que eu adoro”, exclamou.

 

Os comentários estão encerrados.