Liga acadêmica realiza pequenas restaurações dentárias no Lar São Domingos

WhatsApp Image 2017-11-16 at 10.26.09

Cerca de 30 crianças do Lar São Domingos foram submetidas, nesta sexta-feira (17), a tratamento preventivo e de restauração para dentes com cárie em estágio inicial. A ação foi uma iniciativa da Liga Acadêmica de Odontopediatria do Centro Universitário Tiradentes – Unit, que prometeu uma periodicidade mensal ao evento. Casos mais sérios serão encaminhados à clínica odontológica da Unit, em Cruz das Almas.

Segundo a presidente da Liga, Bárbara Bertoldo, o tratamento restaurador atraumático, aplicado aos meninos nesta ação, tem caráter definitivo e é destinado a escolas e comunidades sem infraestrutura. “Este tratamento é bem viável, porque a gente não utiliza anestesia nem caneta cirúrgica, além de outros instrumentos específicos de consultório”, explicou.

A equipe, que tem como orientadora a professora Ana Lídia Soares Cota, solicitou apenas uma sala arejada, com iluminação ambiente. Cada estudante trouxe o próprio kit clínico, que, além do espelho e de outros instrumentos de fácil manuseio, inclui o “cimento de ionômero de vidro”, utilizado para “fechar” as restaurações.

A orientadora esclareceu que escolheu o Lar São Domingos para realizar esta ação por conta da parceria que já existe entre a ONG e a instituição de ensino.

“Nós também percebemos que as orientações sobre o uso do fio dental e a prática de uma escovação correta, além da aplicação de flúor, não eram suficientes para prevenir o surgimento das cáries nesse público. Então resolvemos fazer uma ação mais efetiva com a Liga”, concluiu.

A coordenadora pedagógica do Lar São Domingos, Liliane Araújo, disse que ações como essa são muito importantes, porque vão além das possibilidades de atuação da sociedade filantrópica, que todo ano realiza duas ações de aplicação de flúor nas crianças e distribuem kits de higiene bucal, no primeiro e no segundo semestre.

“A Unit tem nos ajudado muito com o tratamento dentário das crianças na clínica odontológica, além das orientações preventivas. Mas trazer o consultório para cá, nos casos mais simples, facilita ainda mais e amplia sobremaneira o alcance dessa bela parceria”, declarou a pedagoga.

 

Os comentários estão encerrados.