Lar São Domingos continua reformas com premiação do Nota Fiscal Cidadã

WhatsApp Image 2017-11-13 at 09.59.50

O Lar São Domingos recebeu o prêmio máximo do sorteio do Dia das Crianças do Programa Nota Fiscal Cidadã, ocorrido em outubro deste ano. Com o prêmio recebido esta semana, a instituição dá início à execução parcial do projeto de combate a incêndio do prédio sede. Prestes a completar 100 anos de atividades ininterruptas, em 2019, a sociedade filantrópica funciona em um casarão colonial situado no bairro de Mangabeiras, que já faz parte da paisagem histórica da capital alagoana.

Com a premiação, no valor de R$ 32,456,90,  a direção do Lar São Domingos vai dar continuidade às benfeitorias que tem feio, desde o ano passado, para a manutenção da estrutura física da instituição, que há mais de 20 anos não passava por reformas.

Segundo o presidente do Lar, Ricardo Santos, a contribuição do programa Nota Fiscal Cidadã, da Secretaria da Fazenda, tem sido fundamental para isso: “Do início da campanha até aqui, já realizamos a implantação do parque infantil, a revitalização do refeitório, a pintura do prédio de educação complementar, a pintura externa do ginásio de esportes, a pintura externa do casarão, o serviço de toda a parte elétrica do prédio histórico e a colocação de forro em toda a sua estrutura. Tudo isso seria impossível sem esses prêmios”.

“Nosso trabalho é grande e as despesas também. Por isso, recorremos à sensibilidade dos contribuintes para que compartilhem as notas das suas compras com o Lar São Domingos. Nós não temos fins lucrativos nem qualquer vinculação político-partidária, dependemos exclusivamente de doações e parcerias”, declarou o presidente.

Segundo a coordenadora do Programa de Educação Fiscal da Sefaz, Glácia Tavares, não existem cartas marcadas no sorteio da campanha. Ela afirma que, de acordo com as estatísticas, as instituições que têm se mantido no ranking de primeiro a quinto lugar no sorteio, como o Lar São Domingos, têm um número maior de cupons por conta da quantidade de notas compartilhadas. A cada 10 notas a pessoa física recebe 1 cupom e a cada 50 notas compartilhadas a instituição adotada recebe 1 cupom para concorrer ao sorteio.

“Não temos cartas marcadas. É sorteio mesmo! Essas instituições fazem um trabalho exaustivo para manter os que já têm e conquistar novos adeptos.  Elas criam estratégias de sensibilizar a pessoa natural para que esta faça a adesão e compartilhe a sua nota com a instituição. Pois quanto mais você sensibiliza as pessoas mostrando o trabalho que realiza, e como você aplica o que ganha, mais vai ter adeptos”, explicou.

A coordenadora declarou que, em apenas um ano e meio de campanha, o Estado já destinou R$ 3 mi para sorteio, sendo R$ 1,5 mi para as instituições e R$ 1,5 mi para “pessoa natural”. Ela informou ainda que são disponibilizados R$ 300 mil por sorteio (quatro por ano), que são programados para datas emblemáticas, como Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia da Criança e Natal.

O Lar São Domingos assiste atualmente 500 crianças e adolescentes, de 6 a 17 anos, e 250 famílias cadastradas, todas em situação de extrema vulnerabilidade social. Com ações de promoção sócio familiar, a ONG funciona em dois turnos, de segunda a sexta, das 7h às 17h. Além do reforço escolar, as crianças recebem duas refeições básicas e são estimuladas com diversas atividades físicas, culturais e artísticas. Para ingressar no Lar São Domingos, todas devem estar vinculadas e frequentar regularmente uma escola formal do município ou do Estado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os comentários estão encerrados.