Acadêmicos de enfermagem trazem atendimento ambulatorial aos meninos do Lar

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Segunda-feira é dia de atendimento ambulatorial para as 500 crianças e os adolescentes do Lar São Domingos. Cada semana, um grupo de acadêmicos de Enfermagem da Universidade Federal de Alagoas ocupa uma sala do prédio de educação complementar, Casa de Noemi, para fazer um atendimento mais personalizado na meninada. A iniciativa é da professora Rossana Teotônio, responsável pela disciplina Saúde da Família.

A atividade prática supervisionada teve início este mês e pretende, dentro dos limites da enfermagem, detectar problemas cardiovasculares, colesterol elevado, atraso no crescimento e no desenvolvimento, puberdade precoce, erro alimentar, distúrbios do sono, obesidade, entre outros.

Segundo a professora, este é um trabalho preventivo, mas aqueles que apresentarem necessidade de acompanhamento com o pediatra serão encaminhados para especialistas do Hospital Universitário. “Nós faremos a ponte com os colegas. Será um acordo entre amigos” declarou.

Rodeada pelos seus alunos, que estão no penúltimo ano do curso, a professora explicou que essa atividade vai servir especialmente aos adolescentes, que, segundo ela, a partir dos 10 anos de idade já não procuram mais as unidades de saúde rotineiramente.

Para a coordenadora pedagógica do Lar São Domingos, Liliane Araújo, que acompanha de perto o atendimento, esta é uma excelente iniciativa. “São poucos os familiares que tem disponibilidade para levar as crianças de forma preventiva ao atendimento médico. A falta de conhecimento também é um fator limitante nesses casos”, explicou.

Os comentários estão encerrados.