Crianças do Lar homenageiam os 200 anos de Alagoas em festival

 

Sob o comando do maestro Jaílson Natividade, 30 crianças e adolescentes do Lar São Domingos subiram ao palco do Teatro Deodoro, neste sábado (23), para prestar a sua homenagem aos 200 anos de Alagoas, na décima oitava edição do Nordeste Cantat. Este é o segundo ano consecutivo que a sociedade filantrópica participa do maior evento de coros do Nordeste e ganha troféu e certificado de participação.

Entoando o hino de Alagoas, mesclado com a música símbolo do Guerreiro Alagoano, as crianças entraram em cena cantando e segurando faixas nas cores da bandeira do estado, arrancando aplausos da plateia.

Além do canto, a performance das meninas e dos meninos do Lar São Domingos foi um elemento a mais em palco, enchendo de graça e movimento a sua apresentação. Eles cantaram quatro peças musicais, incluindo um canto indígena em tupi guarani, que também foi muito aplaudido pelo público.

Dos grupos artísticos formados pelos assistidos da instituição filantrópica – situada há quase um século no bairro de Mangabeiras – o Coral do Lar São Domingos é o que recebe mais convites para apresentações. Também é a atração principal do evento que já virou tradição no calendário natalino da capital alagoana: o Concerto de Natal do Lar São Domingos.

Para o presidente da ONG, Ricardo José dos Santos, participar de eventos como o Nordeste Cantat é uma maneira prazerosa de promover a inclusão desses jovens aos diversos setores e oportunidades da sociedade.

“Nosso objetivo maior é contribuir para a formação do ser integral. E a arte é uma excelente maneira de desenvolver as potencialidades das nossas crianças e promover a sua inclusão de forma digna e produtiva na sociedade”, declarou o dirigente.

 

 

Os comentários estão encerrados.