Fábulas de Esopo pelo Biblioencanta

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

As fábulas de Esopo, muito utilizadas para ensinar princípios morais à criançada, foi o conteúdo trabalhado pelo pessoal do Biblioencanta, na tarde desta sexta-feira (24), na biblioteca do Lar São Domingos. A contação de estórias, ora acompanhada por música ora pela leitura de um livro, foi a didática utilizada pelos estudantes do projeto, que é supervisionado pela professora Adriana Lourenço, da UFAL.

A galinha ruiva, o bem-ti-vi, o rato do campo e o rato da cidade, o menino que gritava lobo foram alguns dos contos apresentados, de autoria do velho escravo que, até onde se sabe, viveu na Grecia Antiga, no período de 620 a 560 antes de Cristo.

Já bastante ambientadas com o grupo – que possui estudantes de vários cursos da Universidade Federal de Alagoas, entre eles biblioteconomia, música e serviço social –, as crianças participaram das atividades com desenvoltura e interesse, interagindo com os facilitadores sempre que eram solicitados.

Ao final, à medida que os pequenos respondiam às perguntas sobre os contos apresentados, os estudantes convidavam uma criança para afixar consigo uma moral trabalhada pelo autor no painel montado em uma das paredes da sala.

Acompanhadas pela tia Cleide, as crianças voltaram para a sala de aula animadas pela música do grupo, que as acompanhou até a porta, e o abraço apertado de alguns integrantes.

Os comentários estão encerrados.